21 de agosto de 2014

Estou completamente em estado de choque


Depois de vos ter falado do livro da Malala e estando a vivenciar de forma muito intensa tudo aquilo que ela descreve, ontem ao ver o noticiário emocionei-me de tal forma ao ver o vídeo do jornalista decapitado pelo grupo jihadista, que estou em choque até agora. Para piorar, a minha curiosidade levou-me a ver o vídeo na totalidade. 
É um sentimento tenebroso, porque é um filme de terror que se torna real. Não sei porque me tocou tão intensamente; talvez por James Foley ser jornalista, talvez porque me imaginei naquela situação, talvez porque um dia eu disse que gostaria de ser jornalista de guerra...



Não vejam aquilo até ao fim, custa. É impensável que alguém possa fazer uma barbaridade destas, principalmente a pessoas inocentes. O Alcorão está a ser muito mal interpretado por estas pessoas que se dizem islâmicas. Para piorar, suspeita-se que o grupo que fez isto é de origem britânica...


James perde os seus últimos momentos a dizer algo que não sente e mesmo antes de ser degolado, a cara de terror dele magoa quem vê. O sofrimento da família dele deve ser esmagadora. As minhas preces vão para eles. 

Tinha de vir aqui falar disto. 



3 comentários:

  1. Eu não vi, nem vou ver. Como é que alguém é capaz de cometer tais atrocidades em nome de uma ideologia, ou religião?
    Aquela gente vive em plena idade média. :/

    ResponderEliminar
  2. Mas sabes que eu também culpo em grande parte, a comunicação social, por dar visibilidade a isto. Se NINGUÉM publicasse o video e o mostrasse, eles perdiam visibilidade (que é o que eles querem). Mas claro que é umm ato muito cobarde.

    ResponderEliminar
  3. Foi simplesmente horrível esta situação, está mais do que na altura de terminar com estas atitudes cobardes!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Read, comment, repeat!