1 de julho de 2014

Atração - um textinho de quem estava entediada num domingo à tarde

Eu tento-te resistir, cada vez mais e mais. Mas sei que não uso todas as minhas forças, porque cedo tão facilmente, tão dolorosamente estarrecida...
Tento-me resguardar de ti e desta necessidade esmagadora de te ver e de estar contigo. Não é que sinta necessidade de te beijar, nem de te tocar. Mas quando te aproximas e o teu cheiro me atinge de uma forma inebriante, qual rajada de vento inesperada, que me arrepia, eu deixo-me ir.
É uma atração desmedida, desleal, que me deixa sem forças e sem fôlego. Quero mostrar que consigo repelir-te, mas és tão envolvente e sedutor que não consigo resistir.
O teu toque, as tuas carícias, o teu tom sôfrego de quem me deseja desmedidamente...nunca me pensei capaz de provocar tal efeito em alguém. É toda uma loucura vaga, desprovida de sentimentos. Porque o teu toque, as tuas carícias e o teu tom sôfrego nunca serão suficientes e cessarão assim que eu virar costas e sair por aquela porta. 
Não estamos destinados e o universo não conspira a nosso favor. Não é um sentimento de vice-versas, nem de mutualidades. Parte de mim e só de mim e em mim fica. 
Ah, como me deixas desnorteada: a tua pele, o calor dos teus lábios, o teu beijo desarmante. Que sentimento é este, sem nome e sem descrição? Sem mar, nem maré, sem chão e sem noção? 
Por favor, alguém me oriente, porque entretanto, vou-me desorientando nesta louca tentação. 

muah*

*ficção



20 comentários:

  1. É curta a distância entre a ficção e a realidade. :)

    ResponderEliminar
  2. A que se deve tanta inspiração?

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  3. Que texto incrível, adorei cada palavra que nos deixaste! Um grande trabalho, parabéns :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelas tuas palavras. :) Um elogio tão agradável, vindo de quem esçreve tão bem, é sempre bom.

      Eliminar
  4. É a primeira vez que estou no teu blog e gostei muito. Parabéns :)
    Gosto muito da forma como escreves:)

    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. E o tédio tornou-se uma coisa boa.

    ResponderEliminar
  6. Será mesmo ficção? A inspiração talvez seja real, quem sabe

    ResponderEliminar
  7. Às vezes, é bom perder o norte
    :)

    ResponderEliminar
  8. Essa tentação ;) ... Sigo **

    R: Obrigada pelas palavras que me deixas-te , obrigada mesmo ! É bom saber que há quem leia o que escrevemos, beijo !

    ResponderEliminar

Read, comment, repeat!