30 de abril de 2014

Porque se colocam maias nas portas?


Nunca se questionaram o motivo para as nossas mães e avós andarem feitas tolas nas moitas a apanhar estas flores, assim que se anuncia a chegada do mês de maio?

Eu sim (às vezes tenho mesmo pouco em que pensar...). Lá em casa dizem que é para o diabo não entrar no nosso lar e algumas pessoas mais idosas dizem que é para que não falte o pão em casa. Ora, curiosa como sou, pesquisei e encontrei diversas explicações, tanto de origem pagã como de origem cristã, ainda que me pareçam um pouco descontextualizadas. 



Segundo a Bíblia, Herodes soube que a Sagrada Família (Maria, José e o Menino Jesus) estaria a pernoitar numa aldeia do Egito e, como a sua intenção era matar o Menino Jesus, ameaçou eliminar todos os bébes que encontrassem. Para se evitar tal chacina, foi proposto colocar-se maias na porta onde a família estaria hospedada, de modo a que os soldados soubessem qual a casa onde estaria o menino destinado à sentença de morte.

Todavia, para espanto dos soldados, de manhã, ao chegarem à aldeia em questão, encontraram todas as casas com maias à porta, pelo que não lhe foi possível matar o menino. 

A minha questão quanto a esta é: então porque não recorreram ao plano original e mataram todos os recém-nascidos?

A outra sugestão é semelhante à anterior, mas ao invés de Jesus ser um recém-nascido, ele teria 33 anos. Ou seja, foi por altura da sua crucifixação. Para que os romanos o encontrassem, Judas colocou um ramo de maias na porta onde Jesus estaria com os seus díscipulos, denunciando-o. Todavia, por milagre, todas as casas apareceram cheias de maias - janelas, portas e estábulos.

Ainda na linha cristã, diz-se que no caminho para o Egito, Maria semeou giestas para, mais tarde, saber o caminho de volta. 

Quanto à origem pagã, está relacionada com o culto dos deuses da fertilidade e ritos de prosperação de bens agrícolas.

Alguém tem uma versão diferente desta tradição?

muah*


1 comentário:

Read, comment, repeat!