16 de abril de 2014

A resistente Resistência, duas décadas depois



A Casa da Música recebeu a mítica banda de pop, jazz, rock e música popular, Resistência , ontem dia 15 de abril. Numa versão mais madura, os artistas de renome português tocaram os recriados e transformados êxitos de outras bandas portuguesas, dos quais alguns fazem parte, numa versão mais próxima do espectador. 


As músicas são boas e conhecidas, mas na minha opinião...eu não pagaria para assistir ao espetáculo. Perdoem-me os aficcionados por estes artistas, mas a verdade é que tanto músico em palco, nove deles envergando um instrumento musical, fez-me uma terrível confusão. É uma barafunda e é pouco estético. Além disso, achei o espetáculo parado e entediante.



ver artigo aqui




Se lerem a minha reportagem, o que escrevi difere do que aqui escrevo. A minha opinião enquanto individual não inviabiliza o que vi enquanto 'jornalista'. 


Todavia, adorei ouvir o Miguel Ângelo a cantar. Ele tem um vozeirão fenomenal. Não desfazendo, porque o Tim e o Olavo Bilac também têm uma belíssima voz. Só que esses eu já tinha escutado ao vivo, o Miguel A. não e, por isso, foi uma agradável surpresa.


Quem discorda de mim?

muah*






4 comentários:

  1. O Miguel Angele tem sem duvida um "vozeirão" fenomenal!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  2. Ainda não assisti a nenhum.
    Está no site oficial da loja dela oficial coloquei lá no post mas deixo - te aqui tambémhttp://www.anasousa.com/pt/index.php?id=43&catalogo=23 :)
    beijinhos
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. O concerto deve ter sido mágico, ouvir os clássico do passado deve ter dado uma atmosfera incrível! Imagino que te tenhas divertido bastante :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  4. Não consigo concordar ou discordar de ti, porque nunca vi nenhum concerto dos Resistência. Mas em tempos gostei muito da música que faziam (ainda guardo o CD "Ao Vivo no Armazém 22"). :)

    Quanto à questão de muita gente no palco... a mim não me faz confusão! Pelo contrário! Nos concertos de Arcade Fire e Manu Chao, o que não falta é gente em cima do palco! ;)

    ResponderEliminar

Read, comment, repeat!